Skip links

3 mitos sobre a mamoplastia

A cirurgia plástica é uma especialidade que soluciona grande parte dos incômodos estéticos. A mamoplastia, por exemplo, seja de aumento ou redução, é um procedimento que permite à mulher encontrar a melhor forma para a sua mama. Mas, o fato de existirem diferentes tipos de mamoplastia costuma gerar dúvidas nas minhas pacientes e, por isto, decidi explicar as mais comuns neste post

  • Minha mama não vai mais aumentar e nem voltar a cair após a cirurgia!

A recuperação da cirurgia nas mamas costuma levar de seis meses a um ano para alcançar o resultado final. E existem diversos fatores que podem alterar a posição e volume das mamas no pós-operatório, são eles: ganho ou perda de peso, gestação, algumas medicações hormonais, tipo de pele.

  • Não vou conseguir amamentar!

Não há nenhum impedimento para amamentar após a realização da mamoplastia. Mesmo no caso da técnica redutora onde diminuímos o tecido glandular da mama é possível amamentar no pós-operatório. Já, na mamoplastia de aumento, a prótese é colocada por trás da glândula mamária, sem interferir no processo de aleitamento.

  • Vou perder a sensibilidade na mama!

 Nenhuma das duas técnicas normalmente interfere na sensibilidade do mamilo. Porém, esse é um dos riscos, principalmente nas cirurgias de grandes reduções de volume mamários. Na maioria dos casos, as alterações são temporárias e a paciente recupera a sensibilidade em até seis meses depois do procedimento. Caso tenha alguma dúvida, deixe aqui nos comentários que eu respondo.

Entre em contato conosco: (15) 3229-0209 ou, se preferir, envie um WhatsApp: (15) 98135-7118.

Return to top of page